Precisa de Ajuda?
  • Entre em contato - (11) 4249-2545
  • Como funciona clínica de reabilitação?

    Muitas pessoas encontram dificuldades para conseguirem largar os seus vícios e não conseguem superar essa difícil barreira que, infelizmente, acabam atravessando. O que muitas delas não sabem é que existem locais que auxiliam nessa retomada de vida normal. E é esse o nosso intuito de hoje, queremos mostrar como funciona uma clínica de reabilitação.

    Para que você entenda e saiba como funciona a clínica de reabilitação, escrevemos este texto, com todas as informações, para que, se for o caso de um ente querido seu, você já saber quais os passos tomar e como funciona uma clínica de reabilitação.

    Fique por aqui e saiba mais da importância da clínica de reabilitação.

    Antes de saber como funciona, é preciso entender o que é uma clínica de reabilitação. Para isso, iremos defini-la agora para você.

     

    O que é uma clínica de reabilitação?

    Clínica de reabilitação é um lugar especializado em ajudar as pessoas a se recuperarem de diversos tipos de doença, inclusive da dependência química. A pessoa que necessita de reabilitação tem a sua disposição médicos, enfermeiros, psicólogos, psiquiatras e terapeutas, todos eles disponíveis em tempo integral para ajudar os usuários a superarem todos os problemas que são causados pelas drogas.

    As clínicas de recuperação geralmente ficam localizadas em regiões que possuem acesso restrito. O objetivo é fazer com que haja uma descrição, paz e tranquilidades para os pacientes. Além disso, as clínicas de recuperação oferecem acomodações e serviços de internação para que eles possam receber os cuidados necessários.

    Isso faz com que elas tenham garantido um tratamento intensivo, principalmente para os casos em que a dependência é muito alta.

     

    O que as clínicas de reabilitação oferecem?

    Para entender o funcionamento de uma clínica de reabilitação Grupo Nova Vida, é preciso saber o que ela tem a oferecer. Dessa forma, as clínicas de reabilitação funcionam de forma a proporcionar ao paciente um tratamento intensivo.

    Caso o paciente tenha a consciência de que está doente e tem vontade de procurar ajuda, o tratamento é realizado imediatamente. Para aqueles que estão mais próximos da pessoa, essa atitude se torna um motivo de alegria. Mas infelizmente, nem sempre é assim.

    Quando o paciente não se considera um doente, os familiares podem decidir interná-lo de forma involuntária, quando ele não tem vontade. Para isso, é preciso procurar pelas clínicas autorizadas que se responsabilizam pela busca, transporte e cuidados do paciente.

    Os procedimentos adotados pelas clínicas de reabilitação mais comuns são: a psicoterapia, medicamento e internação. Entretanto, não são todos que precisam passar por esse tipo de procedimento. Assim como não existe um só tipo de tratamento que agrupe todos os casos da mesma forma.

    E ainda existe o caso em que o internamento é desnecessário. Isso porque o tratamento do paciente é planejado de acordo com o tempo e o grau de dependência química em que ele se encontra.

    Os profissionais da clínica de recuperação estudam caso por caso e verificam se os resultados sejam alcançados com eficiência.

    Assim, os tratamentos oferecidos são:

    Resgate involuntário de dependentes – acontece quando o dependente tem consciência do seu vício e dos problemas por ele apresentado, mas ainda assim não quer ajuda. A ideia é que ele, com o passar dos dias, vá se integrando aos tratamentos que são propostos a eles na clínica de reabilitação;

    Internato voluntarioso – a ideia deste tipo de tratamento é que o interno se mantenha afastado do uso de substâncias químicas nas quais ele é viciado. Na clínica de reabilitação, ele terá acomodações, alimentação e atividades durante todo o dia, a fim de que se mantenham produtivos e ocupados;

    Intervenção orientada – é quando a família pede a ajuda de profissionais dos centros de reabilitação, a fim de que eles possam ajudar a convencer o indivíduo dos seus problemas e da grande necessidade de que ele aceite ajuda;

    Terapia para familiares – esse tipo de terapia é oferecido para ajudar aqueles que estão convivendo com o dependente químico, para que eles possam se fortalecer, melhorando pelos males causados e para que todos possam estar bem para poder receber o paciente depois do seu período de internação, aprendendo a lidar melhor com ele;

    Terapia para dependentes – nessa terapia, os dependentes químicos são levados a refletir sobre o próprio vício e buscar repensar as suas vidas a partir de um afastamento da substância que os alteram.

    Entre em contato

    Tratamento Somente Particular

    Horários de Atendimento: Segunda à Sexta das 8:00 ás 21:00

    Finais de Semana e Feriados (Somente via Whatsapp ou E-mail) - Remoção 24 horas;

    Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.