Precisa de Ajuda?
  • Entre em contato - (11) 4249-2545
  • O diagnóstico do que causa a doença de transtorno bipolar é concluído somente após oito a nove anos. É feito por profissionais da saúde que levantam a história do paciente por meio de relatos de uma pessoa da família, amigo ou dele próprio. 

    Os especialistas agem com cautela antes de recomendar qualquer medida terapêutica, pois trata-se de uma doença que pode ser confundida com outras, entre elas depressão, esquizofrenia, distúrbios da ansiedade e síndrome do pânico.

    Fase maníaca - As crises maníacas podem durar apenas alguns dias, mas também podem se prolongar por meses, período em que são notados alguns sintomas, como:

    • Excesso de gastos;
    • Hiperatividade;
    • Compulsão alimentar;
    • Capacidade de discernimento menor.

    Fase depressiva – Existem casos em que esses sintomas ocorrem junto com os sintomas da fase maníaca:

    • Baixa estima;
    • Tristeza ou desânimo;
    • Falta de energia ou fadiga;
    • Perda de apetite e de peso;
    • Desejo de suicídio, entre outros.

    Quais as causas?

    As causas ainda são estudadas, pois não se sabe ao certo como o transtorno surge. Mas já foram detectados alguns fatores que contribuem com o seu surgimento, entre eles:

    • Diferenças físicas no cérebro, onde os neurônios têm atividade normal;
    • Desequilíbrio hormonal;

    Qual o tratamento indicado?

    O Transtorno bipolar é uma doença incurável, mas sob orientação médica tem como ser controlado. O tratamento envolve:

    • Mudanças de estilo de vida (deixar de consumir substâncias psicoativas com cafeína, álcool, anfetaminas e cocaína);
    • Transformar hábitos de sono e alimentação em hábitos saudáveis;
    • Reduzir nos níveis de estresse;
    • Psicoterapia;
    • Uso de medicamentos.

    O que é Transtorno bipolar?

    O que significa bipolar?

    transtorno bipolar (CID 10 - F31) é uma doença que causa alterações no comportamento e leva uma pessoa a oscilar entre momentos de felicidade e depressão repentinamente. As chamadas "oscilações de humor" significam alternâncias entre a mania (estado eufórico) para um estado depressivo. A frequência é variada, assim como a intensidade do quadro que pode ser leve, moderada ou grave.

    As oscilações de humor podem ocorrer também de acordo com a estação do ano. Algumas pessoas, por exemplo, possuem picos de mania ou hipomania durante a primavera e o verão (estações mais quentes), e sintomas de depressão durante as estações mais frias, como o outono e o inverno. Para outras pessoas, acontece o oposto.

    As mudanças de humor podem acontecer com mais frequência em algumas pessoas, com oscilações acontecendo de quatro a cinco vezes por ano e, em alguns casos, até mesmo várias vezes ao dia.

    Episódios de mania e depressão podem resultar também em psicose, doença em que há perda de contato com a realidade.

    Transtorno bipolar tem cura?

    Os medicamentos estabilizadores de humor podem ajudar a controlar os sintomas do transtorno bipolar. Entretanto, os pacientes geralmente precisam de ajuda e apoio para tomar os medicamentos corretamente e garantir que os episódios de mania e depressão sejam tratados o mais rápido possível.

    Algumas pessoas param de tomar o medicamento assim que se sentem melhores ou porque a mania traz uma sensação boa. Parar de tomar o medicamento pode causar problemas sérios.

    O suicídio é um risco real durante a mania e a depressão. Pessoas com transtorno bipolar que pensam ou falam sobre suicídio precisam de atendimento médico de emergência conte com nossa equipe e Procure Ajuda- Clínicas de Recuperação.

    Entre em contato

    Tratamento Somente Particular

    Horários de Atendimento: Segunda à Sexta das 8:00 ás 21:00

    Finais de Semana e Feriados (Somente via Whatsapp ou E-mail) - Remoção 24 horas;

    Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.